Antecipar FGTS e ter o saldo retido: o que fazer?

Antecipar o saque do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) pode ser uma opção interessante para quem precisa de dinheiro de forma urgente. No entanto, às vezes, o trabalhador pode ter o saldo do FGTS retido após fazer a antecipação. Neste artigo, explicaremos por que isso acontece e o que fazer em caso de saldo retido.

Entendendo a antecipação do FGTS

A antecipação do FGTS é uma opção para trabalhadores que desejam ter acesso ao saque-aniversário do FGTS antes do prazo estabelecido. Ao aderir à modalidade de saque-aniversário, o trabalhador pode sacar uma parte do saldo disponível em sua conta do FGTS anualmente, no mês de seu aniversário. No entanto, o valor disponível para saque é determinado com base no saldo disponível na conta FGTS e em um percentual estabelecido pela Caixa Econômica Federal.

Aqui na up.p, a Antecipação Saque Aniversário FGTS é um empréstimo que permite a antecipação do valor de até 10 (dez) parcelas de saques-aniversário. No entanto, é importante lembrar que a antecipação do saque pode diminuir o saldo disponível no FGTS para outras necessidades futuras e que o trabalhador abdica do direito ao saque total do FGTS ao aderir à modalidade de saque-aniversário.

Por que o saldo pode ser retido após a antecipação do FGTS?

Quando o trabalhador realiza a antecipação do saque-aniversário, um percentual dos saldos das contas vinculadas do titular será bloqueado para movimentações de saques, pela Caixa Econômica Federal, na data da contratação e em valor suficiente ao valor dos saques-aniversários antecipados. O bloqueio é para garantir o pagamento do empréstimo e das parcelas (que ocorrem de forma automática e direta do saldo do FGTS) e perdurará até o término do contrato de empréstimo.

Outros fatores que podem ter o saque FGTS bloqueado. Caso o titular solicite a alteração de sistemática de saque, por exemplo da modalidade saque-aniversário para saque-rescisão, a alteração será efetivada somente após 2 anos (no primeiro dia do vigésimo quinto mês subsequente ao da solicitação), desde que não haja contrato vigente de empréstimo com antecipação de saque-aniversário FGTS

No entanto, em alguns casos, o valor retido pode ser maior do que o valor da antecipação. Isso pode acontecer devido a erros no cálculo da taxa de antecipação ou dos juros, ou a atrasos no repasse do valor retido para a instituição financeira responsável pela antecipação.

O que fazer em caso de saldo retido?

Primeiro, entender o motivo do saldo FGTS estar bloqueado. É possível ver a situação diretamente no aplicativo do FGTS.

Adicionalmente, a Caixa Econômica Federal pode fornecer informações sobre o valor retido e ajudar a verificar se houve algum erro no cálculo da taxa de antecipação ou dos juros. Já a instituição financeira responsável pela antecipação pode verificar se houve atrasos no repasse do valor retido e ajudar a resolver o problema.

Se o problema não for resolvido de forma satisfatória, é possível recorrer ao Procon ou a um advogado especializado em direito do consumidor para buscar uma solução.

Conclusão

Antecipar o FGTS pode ser uma opção interessante para quem precisa de dinheiro de forma urgente, mas é importante estar atento aos riscos e possíveis problemas que podem surgir. Já em casos de problemas com a antecipação, é importante buscar informações junto à instituição financeira ou empresa responsável e buscar soluções para garantir o recebimento do valor devido.

Na up.p, você pode fazer o seu empréstimo FGTS com taxas a partir de 1,29% ao mês. Antecipe até 10 parcelas do seu saque-aniversário com contratação 100% digital e receba em 1 dia útil. Modalidade ideal para negativados. Clique no botão e fale com a nossa equipe agora mesmo! Antecipe o seu FGTS com qualquer valor e resolva seus problemas financeiros de forma rápida e segura.